Fevereiro 24 2010

 

Qual o papel da Odontologia Forense nos crimes?
A odontologia forense é uma área da medicina que aplica o conhecimento técnico – cientifico da estrutura dentária do cadáver, com fins de identificação.
Os dentessão estruturas fundamentais à identificação médico-legal, em virtude da sua resistência (à putrefacção, ao calor, aos traumatismos e à acção de certos agentes químicos) e especificidade (cada dentadura é única). A identificação através dos dentes permite o estudo dos aspectos assinalados para a Antropologia Forense, através de métodos de reconstrução e comparação. Os dentes definitivos podem ser descritos através de sistemas de meros, na actualidade, os sistemas de meros existente são: de Palmer, de Haderup e a Federação dental Internacional.
Características individualizantes que são analisadas:
  • Número de dentes;
  • Alteração da posição ou rotação;
  • Alterações congénitas ou adquiridas (hábitos, profissões);
  • Alterações patológicas ou traumáticas (cáries);
  • Existência de tratamentos (amálgamas, coroas, pontes, próteses fixas ou amovíveis).
Outra forma de identificação é através das marcas de mordida.Define-se como marca de mordida a impressão causada unicamente pelos dentes ou em combinação com outras partes da boca.
De facto, os dentes são frequentemente usados como armas quando uma pessoa ataca outra ou quando a vítima do ataque se tenta defender, podendo assim ser possível a identificação do possível perpetrador. As marcas de mordida não são encontradas unicamente em situações relacionadas com crimes violentos, sendo também passíveis de serem observadas nas situações de maus-tratos em crianças.


 
 Bibliografia:
 http: //medicina.med.up.pt/legal/
http://www.pericias-forenses.com.br/identesodo.htm
publicado por cienciaforenseap às 09:19

mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
26
27

28


pesquisar
 
blogs SAPO