Março 10 2010

Balística Forense

 A Balística Forense tem como fim o estudo do movimento de corpos lançados e a análise do impacto de balas.  O seu estudo poderá auxiliar na identificação de uma arma, a distância e a direcção do tiro, descobrir o local de onde a arma foi disparada e eventualmente o atirador e, assim sendo, a resolução de crimes.

Algumas formas de estudo:

- As armas, geralmente, deixam nas balas, as chamadas estrias, sendo estas como uma impressão digital da arma. Estudando as estrias e comparando-as, pode se chegar à arma utilizada e consequentemente ao criminoso.

- No caso de a arma ter sido deixada no local do crime, poderá haver impressões digitais do criminoso, podendo assim, determinar-se o autor do crime.

- Através de testes químicos da pólvora existente no local do crime, ou até na arma. Poderão determinar a data do disparo, no entanto, estes testes não são precisos, devido a alterações a que a pólvora possa ter estado sujeita.

- Observação da forma como foi disparada a arma, a posição desta e o sítio onde a bala perfurou, podem distinguir entre um homicídio e um suicídio.

- A direcção e a distância do tiro também podem ser analisadas, através dos orifícios de entrada/saída do projéctil.

São estas, algumas das formas que possibilitam o desenrolar de uma investigação.

Balística Forense

 Bibliografia:

 

http://www.cienciasforenses.info/259/balistica-forense/

 

publicado por cienciaforenseap às 09:38

mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO